Representatividade Feminina no Sítio do Pica-pau Amarelo

Representatividade Feminina no Sítio do Pica-pau Amarelo

A importante trajetória literária de Monteiro Lobato se mostra completamente atemporal em diversas maneiras. Um dos assuntos mais tratados da atualidade é a igualdade entre homens e mulheres e a visão onde uma garota possa ter forte participação e dividir espaço com garoto sem tornar sua feminilidade uma fraqueza. Pensando nisso, podemos chegar à conclusão de como as obras de Monteiro Lobato são importantes para mostrar a igualdade entre meninas e meninos.

 

Muito tem se falado sobre o empoderamento feminino e a retratação das mulheres em obras (crianças, adolescentes, adultas), e as obras de Monteiro Lobato acabam se destacando como um divisor de águas nessa questão. Diferente de muitas outras narrativas infantis, em muitas histórias vistas ao redor do Sítio do Pica-pau Amarelo, nos deparamos com uma diferença e desconstrução de padrões de personagens femininas.

 

Em grande parte das histórias narradas pelo autor, sempre com pensamentos à frente de seu tempo, Narizinho e Emília dividem com personagens masculinos como o inteligente Vísconde de Sabugosa e o aventureiro menino da cidade, Pedrinho, os ganhos e perdas que vivem em seus momentos. Os personagens das obras de Monteiro Lobato chamam bastante atenção das crianças, que mergulham em um novo mundo onde veem os personagens com dilemas reais e que agregam valores àqueles que os leem em suas aventuras.

 

A importância da literatura infantil apresentada por Monteiro Lobato, além de toda sua crítica, passada às crianças de uma maneira que nelas sejam despertadas muitas emoções e pensamento críticos, é que ambos os gêneros possam criar um vínculo de respeito e mutua ajuda em suas jornadas. Em um momento de desenvolvimento, onde a mentalidade é formada vale a pena considerar uma leitura que te dispõe, por meio de personagens com tantas qualidades, mas também muitos defeitos, aprender e entender o que há de errado em tais situações.

 

Por meio da curiosidade e irreverência de uma boneca de pano que se torna uma garota que conquista tudo o que quer devido à sua persistência, força de vontade e até a ambição ou da inteligência de uma garota do nariz arrebitado com valores, completamente madura e totalmente independente, Monteiro Lobato passa sua mensagem de que desde criança as mulheres têm bastante força. A respeito disso temos Dona Benta, uma mulher do campo, que gerencia seu próprio sítio e ainda tem tempo para estudar sobre política e assuntos diversos, os passando para seus netos, também temos uma forte mulher, Tia Nastácia, que retrata o interesse pelo nosso belo país e sua história.

 

Incentivar a leitura é sempre bom, ainda mais quando nos leva a um caminho de liberdade e possibilidades de sermos melhores para os outros e para nós mesmos. Confira em nosso site as obras de Monteiro Lobato, leia Monteiro Lobato para uma criança, incentive a igualdade!