Literatura Geral

Toda obra literária de Monteiro Lobato tem uma forte conotação política.

Sua ideia de Brasil nação instiga seu inconformismo com o desenraizamento cultural. Ataca os modismos importados que nada têm a ver com a realidade e propugna pelo resgate do elemento nativo brasileiro de rica tradição. Nessa mesma linha denuncia a agressão que se faz ao nosso idioma adotando vocábulos estrangeiros por simples espírito de imitação.

A primeira edição de Mundo da Lua saiu em 1923 e reúne escritos de Lobato em um diário de sua juventude. Na edição das obras com...   Fechar SAIBA MAIS +

COMPRAR

Miscelânea contém série de artigos sobre pessoas e impressões sobre viagens pelo interior do Brasil....   Fechar SAIBA MAIS +

COMPRAR

Com a epígrafe "Quarenta anos de correspondência literária entre Monteiro Lobato e Godofredo Rangel". Vai de 1903 a 1948. O próprio Lobato se espanta: "q...   Fechar SAIBA MAIS +

COMPRAR

O enorme sucesso de Lobato como escritor fazia com que fosse constantemente procurado por intelectuais e escritores, que queriam associar seus nomes ao de Lobato para conquistar o ...   Fechar SAIBA MAIS +

COMPRAR

O "Minarete" era o nome que Lobato e seu grupo de amigos mais chegados davam ao chalé onde realizavam suas tertúlias. Depois serviu para batizar um jornal que seu ami...   Fechar SAIBA MAIS +

COMPRAR

Reúne, segundo os editores, uma pequena parte da colaboração de Monteiro Lobato espalhada por jornais e revistas do país, ou apenas divulgada em pequeno...   Fechar SAIBA MAIS +

COMPRAR

O Saci Perêrê: resultado de um inquérito é fruto de uma pesquisa promovida por Monteiro Lobato em janeiro de 1917, nas páginas do "Estadinho", apel...   Fechar SAIBA MAIS +

COMPRAR